Quem sou eu

Escritora chilena naturalizada brasileira, bacharel em Artes Visuais e Mestre em Arte Educação. Membro da Academia de Letras do Brasil Santa Catarina - Florianópolis, Membro da Academia Boituvense de Artes e Letras - Boituva - SP, Membro da Confederação de Letras e Artes de São Paulo - CONBLA - Editora Chefe da GAPLA Edições em Santa Catarina - Brasil.

Milka Plaza

Milka Plaza

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Lembranças

A escova de dentes jazia triste e solitária no estojo que sempre viajava dentro daquela triste mochila. Me liberte, me liberte parecia gritar mentalmente. De tão solitária e triste ficara roxa de frio. Nunca mais fora usada. A dona tinha morrido e ela ficara aí prisioneira para sempre.
Porque escrever sobre uma escova de dentes? Já pensaram na importância dela?
Automaticamente todos os dias escovamos os dentes e trocamos de escova de dentes quando esta fica toda "descabelada". Já pensou se os objetos fossem animados e assim como nós nos apegamos às pessoas estes também se apegassem a nós?
Que triste desenlace. Às vezes nos apegamos às coisas porque nos trazem lembranças de algo ou alguém ou não nos desfazemos deles porque são o único objeto que nos une a um ser querido.
Quão solitárias são algumas pessoas e tristes também.


Nenhum comentário:

Postar um comentário