Quem sou eu

Trabalhamos com filmagens de documentários e curtas, além de apresentações de teatro, Oficinas de dança e expressão corporal, criação literária e arte-educação.

Milka Plaza

Milka Plaza

quarta-feira, 18 de maio de 2016

quinta-feira, 12 de maio de 2016

O Corpo

Braços, pernas, seios, tudo estava jogado sobre a cama pesteada. A cabeça que parecia um prego, o cachorro mastigava pensando ser um osso. Os seios eram de chocolate. A menina ganhara no dia da páscoa. O recheio era de marshmellow ou algo parecido. Ainda não se recuperara da gripe e enquanto a mãe lhe ministrava o banho, tudo tinha ficado por cima das cobertas. Coitada da boneca. Parecia uma princesa dos contos de fada e agora jazia toda esquartejada. Seu algoz, uma menina de quatro anos.

Aroma de café

Ambiente
pessoas
um sorvo de café.
Colher no chão?
Ruídos de passos
Sombras,
luz.
Música ao fundo,
graves e agudos,
sonho interrompido.

Pontos

Que marcas são essas?
formas que abrem e
desabrocham.
Alguém,
milhares,
marcas,
formas
difusas,
pontos
infinitos
como as ideias
que entram e
saem
das mentes.
formas
disformes
que assopradas
se apagam
e formam
novas pegadas
de quem
se segura
e se esvai
no rumo incerto.